O MITO DE ORIGEM: uma revisão do ethos umbandista no discurso histórico

REF: 0005
R$45,00Preço
  • CARACTERÍSTICAS

    Autora: Maria Elise G. B. M. Rivas

    Formato: 16 x 23

    Edição: 1

    Ano: 2013

    Páginas: 144

    Acabamento: Brochura

    ISBN: 97885-65742-07-8

  • RESENHA

    O que é Umbanda? Quando Ela surgiu? A religião de Umbanda foi fundada por uma entidade, por um homem, ou não tem marco fundante? São muitas as perguntas possíveis para a religião dos Orixás, dos Santos Católicos, dos Deuses Ameríndios sincretizados numa prática genuinamente brasileira. O presente livro responde a estas questões tomando como ponto de partida a reflexão sobre a(s) origem(ns) da Umbanda. O mito como metanarrativa, bem como suas implicações contextualizadas nas três escolas primevas das religiões afro-brasileiras: Ameríndia, Indo-europeia e Africana. No fenômeno social, observa três personagens históricos e suas construções genuinamente umbandistas, sempre sob o inovador olhar da teologia afrobrasileira institucionalizada pela Faculdade de Teologia Umbandista (FTU).

    Este livro investiga de modo minucioso a fundação do mito de origem da Umbanda, desvelando o cenário histórico-cultural à época, as questões sociais que concorreram para sua realização e que implicações advieram de sua instituição. Para tanto, Maria Elise Rivas revisa a bibliografia científica sobre o assunto e questiona o papel de revelador de Zélio Fernandino de Moraes à luz do estudo de momentos históricos de sua vida e dos personagens Juca Rosa e João de Camargo.

Social Midia Icons-02.png
LOGOS Família Arché-01.png
LOGOS Família Arché-02.png
LOGOS Família Arché-03.png

Onde a oralidade e a escrita se encontram.