"De que serve ser libertado dos grilhões de ferro, quando se está encarnado, sem conhecer as belezas de Deus? Quantos homens livres na Terra, quando morrem, não podem entrar direto nos reinos dos céus porque não seguiram os ensinamentos de Nosso Senhor? Mais vale ser livre na verdade de Deus do que na mentira dos homens."

Pai Joaquim de Aruanda

 

 

RESENHA

 

Pai Joaquim de Aruanda traz em linguagem simples e direta uma homenagem a uma entidade que se manifesta em terreiro de umbanda plasmada sob a forma de um negro escravizado do Brasil oitocentista. Através das histórias que Pai Joaquim, ao longo dos anos, contou para o seu “cavalo”, pode-se ter uma pequena noção de como se dá a relação entre médium e entidade.


O leitor encontrará aqui algumas informações, elucidações e esclarecimentos sobre tópicos ligados a práticas magísticas (e – por que não dizer – místicas), bem como pontos de vista da vivência do autor ao longo de sua jornada espiritual-religiosa. Por este motivo, convém ressaltar que o objetivo do livro não é traçar um compêndio didático ou doutrinário sobre os Pretos Velhos na religião, e sim apresentar o relato de uma experiência pessoal junto a uma entidade que se denomina Pai Joaquim de Aruanda.

PAI JOAQUIM DE ARUANDA

R$30,00Preço
  • CARACTERÍSTICAS

    Autor: Daniel S. Filho

    Formato: 12 x 21 cm

    Edição: 1

    Ano: 2018

    Páginas: 92

    Acabamento: Brochura, com ilustrações

    ISBN: 9788593856037

     

    *Livro com ilustrações.

Social Midia Icons-02.png
LOGOS Família Arché-01.png
LOGOS Família Arché-02.png
LOGOS Família Arché-03.png

Onde a oralidade e a escrita se encontram.